Reinaldo Ribeiro

Textos da autoria de Reinaldo Ribeiro

Trinta Anos Depois

0
19 de Abril de 2017

  Era Abril e éramos jovens. Tão jovens que, apesar da longa noite, negra e tempestuosa, ainda sonhávamos, e muito! Esbanjávamos fraternidade, esperança, amor e sonhos. Estes, embora envergonhados e temerosos, lograram concre­tizar-se naquela aurora longínqua. Exigimos então, despreocupada e incautamente, tudo o que nos roubaram. Tínhamos essa ambição pois éramos sim­ples, mas também éramos […]

Print Friendly

Quintal e Inverno

0
14 de Abril de 2017

O QUINTAL E O PRENÚNCIO DO INVERNO O dia adormecia lentamente naquele fim de Outo­no. No céu, as nuvens levadas pela brisa ainda morna, amon­toavam-se em arquitecturas fantásticas, cada vez mais som­brias. Uma senhora, idosa, arrasta com dificuldade a cadeira para junto de uma janela. Senta-se e olha, sem ver, o mundo físico que a rodeia: o […]

Print Friendly

Do Céu e do Inferno

0
8 de Abril de 2017

Será amargo o travo da morte, e serão necessárias metá­fo­ras para o suavizar? Não me desagrada seguir o inevitável curso do destino só para descobrir se a maré lenta que conduz a vida humana desa­gua ou não na tão apregoada imortalidade. Mas eu não quero a imortalidade terrena. Quero viver esta vida intensamente, pois considero-a […]

Print Friendly

O Quadro

0
29 de Março de 2017

O meu grande objectivo sempre foi a busca incansável do prazer – a que chamo felicidade. Para o alcançar, socorro-me de tudo o que posso e escolho os meus próprios mecanismos. Mas, apesar disso, a minha vida é enfadonha, repetitiva, sem motivos aparentes de júbi­lo e só uma forte determinação consegue vencer essa mono­tonia. Certa […]

Print Friendly

Dúvidas…

0
15 de Março de 2017

– Padre Onofre, é verdade que Cristo, sendo Deus, se deixou matar na cruz, digamos, voluntaria­mente? – É verdade meu filho! Cristo, num gesto pleno de amor, sacri­ficou-se, enquanto homem, pela salva­ção de toda a Humani­dade. – Mas padre, de que forma pode um sacrifício alheio benefi­ciar os outros? E porque é que os seres […]

Print Friendly

Louco e Natureza

1
9 de Março de 2017

O LOUCO E A NATUREZA Encostado ao parapeito de um moderno viaduto urbano, olho as escuras e fétidas águas que passam vagarosas – quase paradas – sob os meus pés. Penso que aquelas águas talvez tenham sido eternas em tem­pos primordiais, quando corriam, de pedra em pedra, límpidas e alegres, descendo da montanha, onde nasceram, […]

Print Friendly

Máscaras

0
22 de Fevereiro de 2017

Absorto nos meus problemas passeava pelo Hyde Park, numa tarde londrina, quando me acerquei de uma pequena multidão que, no Speakers’ Corner, escutava um orador de discurso enérgico e cativante. Era um homem jovem, magro, de tranquilos olhos azuis, de longas barbas e de cabelos louros caídos sobre os ombros e pre­sos por uma fita […]

Print Friendly

AGENDA

Loading...

GANDAIA NO EMAIL

Para receber no seu email o nosso BOLETIM SEMANAL só tem que introduzir aqui o seu endereço eletrónico...