Primeiro Festival

By  | 7 Abril, 2017 | 0 Comments | Filed under: Notícias

Trevo, Frankie Chavez, Diogo Piçarra, Tara Perdida, Ferro Gaita ou April Ivy. Diversidade é o lema destes dias de surf e concertos. A festa começou no dia 6

“Eu, na realidade, vou sentir-me em casa, porque vivo na Costa”, afirma Gonçalo Bilé, a propósito da estreia com a sua banda, os Trevo, no Caparica Primavera Surf Fest, no próximo sábado, dia 8. É a primeira vez que atua num festival com a sua banda e este, que começou há quatro anos, conhece muito bem. “Tenho ido todos os anos.”

Para Gonçalo Bilé, o problema é escolher um dia do cartaz do Caparica Primavera Surf Fest, que começa na quinta-feira. “Se pudesse ia ver os dias todos.” Desfia as preferências: “Frankie Chavez, que eu conheço e é meu amigo, gostava de ir lá dar um apoiozinho e ver”; “Keep Razors Sharp, também tenho boa relação com eles, curtia ir ver”; “Paus é sempre uma grande festa”; Allen Halloween, Virgul, April Ivy, Slow J… E, claro, Tara Perdida, que atuam no mesmo dia que os Trevo na praia do Paraíso e com quem está a ser preparada uma surpresa. “Uma participação de Tara no nosso concerto e o contrário”, revela.

Os Trevo, nascidos no lado punk rock de Alvalade do encontro de Gonçalo Bilé e de Ivo Palitos, são os autores da canção Face Meu, Face Meu e editaram o primeiro disco em 2016. “Vamos tentar fazer o repertório mais animado do disco que acabámos de lançar, um bocado o que estivemos a fazer desde que o disco saiu.” É a primeira vez que se apresentam num festival. “Vai ser bom tocar em casa.”

 

Print Friendly

About 

Jornal da Associação Gandaia

http://gandaia.pt

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

AGENDA

Loading...