Maria Luís Candidata

By  | 17 Abril, 2017 | 0 Comments | Filed under: Notícias

Segundo o Semanário Sol, Maria Luís Albuquerque irá ser candidata à Assembleia Municipal de Almada.

Esta iniciativa teria partido da Distrital do PSD, fazendo parte de uma estratégia desenhada pela distrital de Setúbal para levar todos os deputados eleitos por aquele distrito a serem candidatos nas autárquicas de 1 de outubro próximo.

Setúbal é um dos distritos mais difíceis para o PSD: nas últimas autárquicas, o partido conseguiu eleger apenas um presidente de Junta – na freguesia da Canha, no Montijo – e mesmo esse é um candidato independente. Razões suficientes para a opção da distrital ser ousada, mas ao mesmo tempo simbólica, numa altura em que muitas das principais figuras sociais-democratas fugiram a fazer parte das listas para as autárquicas.

«Há muita gente que devia dar a cara e não dá. Há uns anos havia essa disponibilidade, hoje é mais difícil», acusa Bruno Vitorino, que se bateu pela candidatura dos quatro deputados sociais-democratas eleitos por Setúbal. «Foi uma vontade da distrital», assume, destacando a coragem de Maria Luís Albuquerque ao assumir o desafio.

«Por causa da exposição pública que teve enquanto ministra das Finanças, é de louvar a atitude de aceitar ser candidata num concelho tão complicado para o PSD como Almada», elogia Bruno Vitorino, que sublinha o facto de se tratar de uma «vice-presidente do partido que se disponibiliza para uma luta que não está ganha à partida».

Ainda assim, Vitorino não se diz surpreendido pela decisão de Maria Luís de aceitar ser candidata, porque tem visto a deputada no terreno «a fazer trabalho de formiguinha» desde que foi eleita.

Maria Luís tem andado por Almada

Os deputados eleitos por Setúbal dividiram entre si desde o início os concelhos do distrito para fazer trabalho de campo. A Maria Luís Albuquerque coube Almada e Seixal e é por lá que tem andado nos intervalos da sua vida profissional e do trabalho como deputada. «Isso implica às vezes sair de Lisboa ao final do dia para ir reunir com cinco pescadores na Costa da Caparica. É um trabalho discreto, mas que ela sempre se mostrou disponível para fazer», relata o líder da distrital.

Desde que foi eleita, Maria Luís Albuquerque tem tido reuniões em empresas, visitas a centros de saúde e ao Hospital Garcia da Orta e vários encontros com moradores do Seixal e de Almada, pelo que Bruno Vitorino acredita que será bem recebida como candidata. «Isso ajuda a que a candidatura seja vista em Almada com mais naturalidade», comenta.

Além de Maria Luís Albuquerque, que é vice-presidente do partido, e de Bruno Vitorino, que é líder da distrital, há outro deputado por Setúbal que é dirigente do PSD e será candidato. Pedro do Ó Ramos faz parte da Comissão Política Nacional e será cabeça de lista à Assembleia Municipal de Santiago do Cacém.

About 

Jornal da Associação Gandaia

http://gandaia.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *