Saúde: Boas Práticas

By  | 23 Outubro, 2018 | 0 Comments | Filed under: Notícias

save the date PT

O Hospital Garcia de Orta e o Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) Almada-Seixal foram distinguidos, com a priemira menção honrosa, pelo Prémio Healthcare Excellence. A iniciativa da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), em parceria com a biofarmacêutica AbbVie, pretende distinguir projetos de melhoria da qualidade dos serviços prestados aos utentes que tenham produzido uma melhoria do acesso, da eficiência, da segurança, ou dos resultados obtidos na prestação de cuidados de saúde.

O projeto “Utilizadores Frequentes do Serviço de Urgência do Hospital Garcia de Orta” foi desenvolvido em conjunto pelo Hospital Garcia de Orta e o ACeS ) Almada-Seixal. Este projeto consiste na implementação de um plano de intervenção para redução do número de episódios de utilizadores muito frequentes das urgências (utentes que realizam mais de 10 episódios em 12 meses).

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) foi o grande vencedor da 5ª edição do Prémio Healthcare Excellence. A “Via Verde Reanimação” tem como primeiro objetivo aumentar o número de vidas salvas em situações de paragem cardiorrespiratória. Não sendo possível recuperar a vida, o projeto pretende preservar órgãos para aumentar o número de transplantações. O projeto-piloto implementado, em 2016, no Centro Hospitalar de São João, no Porto, permitiu que fossem recuperadas quatro vidas, feitas 44 doações e realizados 33 transplantes renais. Números que superam largamente a expectativa inicial da equipa.

Foi ainda atribuída uma segunda menção honrosa ao Centro Hospitalar Cova da Beira, pelo seu projeto “Telemonitorização de doentes com insuficiência cardíaca crónica (ICC)”. O projeto consiste num sistema inovador de acompanhamento e tem como objetivo melhorar a qualidade de vida dos doentes. Com o programa de telemonitorização tem sido possível contribuir para a deteção precoce de episódios de descompensação, diminuir e prevenir hospitalizações, reduzir custos financeiros através da diminuição de episódios de urgências, internamentos e consultas presenciais.

 “Os projetos apresentados mostram que todos trabalhamos diariamente para garantir uma melhor integração dos cuidados de saúde”, afirmou Alexandre Lourenço, presidente da APAH, no encerramento da sessão de entrega do Prémio. “Esperamos que as ideias apresentadas sirvam de inspiração e que motivem outras instituições de saúde a replicar estes projetos, com resultados bem visíveis na melhoria dos serviços prestados aos utentes”, acrescentou.

A inovação na Saúde existe em Portugal e o Healthcare Excellence é prova disso. As instituições candidatas ao prémio mostraram uma enorme capacidade de se reinventarem, procurando soluções alternativas para as dificuldades com que se confrontam diariamente. Todos os projetos apresentados permitiram não só melhorar os cuidados prestados, mas também contribuir para a sustentabilidade da Saúde”, declarou Carlo Pasetto, diretor-geral da AbbVie Portugal.

Os três vencedores foram distinguidos entre seis projetos finalistas apresentados esta sexta-feira, na secção regional do Norte da Ordem dos Médicos, no Porto, onde decorreu a entrega dos prémios.

A 5ª Edição do Prémio Healthcare Excellence recebeu um total de 16 candidaturas, provenientes de instituições de saúde de norte a sul do país. Entre os finalistas estiveram também projetos do Centro Hospitalar de Lisboa Central com o ACeS Lisboa Central, do Instituto Português de Oncologia do Porto, e da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano.

About 

Jornal da Associação Gandaia

http://gandaia.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


CALENDÁRIO DO

AGENDA

Loading...

Subscreva aqui o Boletim do Notícias da Gandaia

Receba semanalmente no seu email um resumo das novas notícias publicadas no nosso jornal. Basta inserir o seu

Pin It on Pinterest