Mostra de Teatro de Almada: Duas Semanas em Palco

By  | 6 de Novembro, 2019 | 0 Comments | Filed under: Notícias

Dezoito grupos de teatro, outros tantos espectáculos, 10 dos quais em estreia, preenchem a 23.ª edição da Mostra de Teatro de Almada, que começa no sábado, 2 de Novembro, com a actuação da Banda Filarmónica da Academia Almadense, no Fórum Municipal Romeu Correia, às 21:00, e Amália – o Musical, no Auditório Fernando Lopes-Graça, meia-hora depois, pelo grupo TKM — da Universidade Sénior D. Sancho.

Dezasseis dias é a duração da edição deste ano do certame que, segundo a organização, privilegia a língua portuguesa e leva ao palco textos e adaptações de autores como Harold Pinter e Jorge Silva Melo, Teresa Rita Lopes, Ana Nave, Diogo Novo, Catarina Vieira da Silva, Rui Silvares, Castro Guedes e, entre outros, Will Smile.

Além da apresentação (dia 6, às 21:30, na Sala Experimental do Teatro Municipal Joaquim Benite) do Teatro da Gandaia, com a peça Omeleta à Molière, escrita e encenada por Christiane de Macedo a partir de textos do dramaturgo francês, a mostra tem uma vasta programação.

Entre ela encontra-se Arregalar os Olhos Não É Ver, de José Rodrigues, que o Almada Teatro leva ao palco do Teatro-Estúdio António Assunção (9 de Novembro), a primeira estreia da mostra, que inclui ainda Zapato, de Will Smile, pelo Teatro & Teatro (dia 10) no Auditório Municipal Fernando Lopes-Graça, segunda estreia do certame. Teresa Rita Lopes, com o NNT – Novo Núcleo de Teatro, apresenta Sopinhas de Mel (11 de Novembro), no Auditório Osvaldo Azinheira da Academia Almadense e, dois dias depois, o grupo Produções Acidentais estreará Final Feliz, uma criação colectiva a partir de vários autores, a representar no Teatro-Estúdio António Assunção.

Esboços para uma Cinderela, é a contribuição de Catarina Vieira da Silva e o Teatro ABC.Pi, da Escola Básica da Trafaria (14 de Novembro), e A Inauguração, uma criação colectiva com colagem de textos de Rui Silvares, Francisco Silva e Ana Nave, no Teatro-Estúdio António Assunção (15 de Novembro), pontuam também na lista de estreias. Lista onde se destaca Há Tanto Tempo, de Harold Pinter, com tradução de Jorge Silva Melo, a representar pelo Alfa Teatro (15 de Novembro) no Auditório Fernando Lopes-Graça.

A apresentação do livro A Morte nos Olhos, um concerto pelo projecto Catarata e oficinas de trabalho subordinadas ao tema A Busca da Expressão, constam das actividades paralelas da mostra, organizada pela Câmara de Almada e por grupos de teatro do concelho, que termina no dia 17, com a apresentação de três espectáculos: Cenas, pelo Grupo de Teatro da Academia Almadense, no Auditório Osvaldo Azinheira; Com Dom Dinis e Dona Isabel, que a Plateia d´Artes apresentará no Auditório Fernando Lopes-Graça; e Omeleta à Molière, que o Teatro da Gandaia repõe na sua sede, no Auditório Costa de Caparica.

About 

Jornal da Associação Gandaia

http://gandaia.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

AUDITÓRIO COSTA DA CAPARICA

  1. 15NovTeatro - "Volta a Portugal em Revista"
  2. 23NovTeatro Infantil
  3. 23NovVolta a Portugal em Revista
  4. 29NovFilipe Salgueiro
  5. 30NovFilipe Salgueiro
  6. 01DecFilipe Salgueiro
  7. 14DecConcerto Magano
  8. 21DecFesta Natal - Palhaços e Robertos
  9. 18JanDivas - Agora e Sempre (Versão adaptada)
  10. 25Jan5° Festival de Fado Ercilia Costa
  11. 26Jan5°Festival de Fado Ercilia Costa
  12. 08FebA Nossa Lingua - Concerto Acústico

GANDAIA CLUBE


NOTÍCIAS NO EMAIL

Para receber no seu email o nosso BOLETIM SEMANAL Introduza aqui o seu endereço eletrónico...

Pin It on Pinterest