O pintor debaixo do lava-loiças

Afonso Cruz é uma referência do novo romance português (dele diz outra referência, Valter Hugo Mãe, “não vou descansar até que todos os leitores descubram Afonso Cruz (…) para obrigar um a um a ler a maravilha que ele escreve”). É também um homem dos sete instrumentos: cineasta, ilustrador, músico da banda The Soaked Lamb e …produtor de cerveja artesanal na sua casa alentejana.
“O pintor debaixo do lava-loiças” é uma dessas maravilhas de poesia e imaginação, embora com um fundo real dos seus antecedentes familiares de Figueira da Foz; e dum quadro real pintado por um eslovaco, refugiado do nazismo que se escondeu debaixo do lava-loiças do avô do escritor, Afonso Costa Cruz, afilhado de Afonso Costa _ “Para mim, o mais importante não foi o homem ter chegado à Lua, foi saber que eu tinha chegado até ao meu avô. Por vezes é uma viagem muito mais difícil: chegar a quem está perto.” (em epílogo do romance).
Que o leitor confirme então se Afonso Cruz chegou até ao seu avô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


AGENDA

Loading...

Pin It on Pinterest