Consultas de adultos da Trafaria passam para Costa de Caparica

By  | 29 de Abril, 2013 | 0 Comments | Filed under: Notícias

Nacional_CS_TrafariaO Centro de Saúde da Trafaria, em Almada, vai perder as consultas de adultos, adiantou à agência Lusa a presidente da Junta de Freguesia, a socialista Francisca Parreira. A Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) já confirmou que vai concentrar recursos na Costa de Caparica.

“Surgiu um rumor de que o CS da Trafaria ia encerrar. Encetei contactos e falei com o responsável do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Almada/Seixal que me disse que, devido a uma reorganização de serviços, mantinham o planeamento familiar, a neonatologia e a enfermagem, mas que o serviço de consultas para adultos seria deslocalizado para a Costa de Caparica”, disse Francisca Parreira. A presidente da Junta da Trafaria informou ainda que reuniu de imediato com a Comissão de Utentes, criticando o facto de a decisão ter sido tomada sem terem sido consultados os órgãos de poder local, o que chegou mesmo a motivar um protesto junto à instalações do Centro de Saúde.

“Apenas nos disseram que um médico seria deslocalizado uma ou duas vezes por semana para atender crianças ou grávidas. Esta decisão causa muitos problemas, em especial aos idosos, que têm dificuldades financeiras e de mobilidade e são obrigados a ir para a Costa de Caparica”, salientou a responsável.

Fonte oficial da ARS de Lisboa e Vale do Tejo adiantou à Lusa que na Trafaria estão inscritos 5.634 utentes, para dois médicos, enquanto na Costa de Caparica estão inscritos 13.346 utentes, também para dois médicos colocados, referindo que a distância entre ambas as localidades é inferior a cinco quilómetros.

“Tendo em conta estes números, e até a abertura de novo concurso de colocação de médicos especialistas de Medicina Geral e Familiar (MGF) que minimize o problema, o ACES Almada/Seixal decidiu concentrar os recursos na unidade de saúde que apresenta estruturas físicas mais adequadas”, referiu a mesma fonte.

Segundo a ARS LVT, vai ficar ainda assegurado o atendimento de proximidade dos grupos vulneráveis de cada uma das duas unidades nos programas de saúde infantil, saúde materna, vacinação e visitação domiciliária, permitindo ainda “uma maior equidade no acesso aos cuidados de saúde da população da Costa da Caparica e da Trafaria”.

“Futuramente e procurando cativar os futuros especialistas de MGF, procurar-se-á criar uma unidade de saúde familiar que englobe as duas unidades, redefinindo a estratégia agora adoptada”, acrescentou a referida fonte.

Veja o artigo original clicando aqui

 

About 

Jornal da Associação Gandaia

http://gandaia.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

AUDITÓRIO COSTA DA CAPARICA

  1. 27SepLancamento do livro 'Contos e Encantos da Caparica"
  2. 05OctJoão da Ilha
  3. 11OctTeatro - "Quero ir prá Ilha "
  4. 12OctConcerto do Jair Mozart
  5. 25OctFilipe Salgueiro
  6. 26OctFilipe Salgueiro
  7. 27OctFilipe Salgueiro
  8. 09NovCAPARICA JAZZ
  9. 15NovTeatro - "Volta a Portugal em Revista"
  10. 23NovTeatro Infantil
  11. 29NovFilipe Salgueiro
  12. 30NovFilipe Salgueiro
  13. 01DecFilipe Salgueiro
  14. 14DecConcerto Magano

GANDAIA CLUBE

  1. 28SepLançamento do livro "Memórias de uma Menina que se tornou Mulher" d

NOTÍCIAS NO EMAIL

Para receber no seu email o nosso BOLETIM SEMANAL Introduza aqui o seu endereço eletrónico...

Pin It on Pinterest