FSC: 22 Mil em Delírio

By  | 17 Agosto, 2014 | 0 Comments | Filed under: LINHA GERAL, por Pedro Gamboa, escritor, OPINIÃO

22 000 em delírio na 2ª noite do Sol da Caparica.

COSTA da CAPARICA: -Verão, Sexta-feira, feriado e o Sol da Caparica a aquecer, finalmente este Verão de 2014.

Em Portugal vive-se o pior Verão e as piores férias dos últimos anos, não só climatericamente, mas acima de tudo porque os cidadãos estão fartos de ser maltratados, estão fartos de ser roubados, estão fartos de ser enganados, estão fartos de ser ofendidos e estão fartos de ver serem sonegados muitos dos direitos que tão arduamente conquistaram. Os portugueses estão sem dinheiro, sem perspectivas e angustiados. E pelo mundo fora o ressurgimento do fascismo leva a morte e a guerra sem quartel a muitos povos que julgavam que o pesadelo e o horror da violência indiscriminada estavam arrumados nos compêndios de história. Parece que a velha palavra de ordem anti-franquista – “Não passarão!” , está de novo na ordem do dia, em muitos locais do Globo.

Em Portugal temos todos a obrigação de não permitir que a maré enchente do fascismo chegue ao país. Temos que resistir com todas as armas de que pudermos dispor. E a Arte e a Cultura são armas muito poderosas. Basta ver os sucessivos ataques violentíssimos que têm sido desferidos contra todas as Artes em geral, mas particularmente contra o Teatro, o Cinema e a Música. Portanto, festivais que tenham inscrito nos seus propósitos os valores da Paz, da Solidariedade e da Liberdade são campos de batalha que devem mobilizar as multidões que se divertem, mas também lutam.

Na sexta-feira o recinto do Sol da Caparica foi submerso por uma vaga gigantesca de povo que ia ouvir música e dançar. Mas também gritar que estamos atentos, que estamos fartos e que BASTA!

É preciso construir “pontes para o futuro”, proclamou Pedro Abrunhosa à multidão de mais de 22 000 pessoas que encheu o Parque Urbano da Costa da Caparica. Pontes para um futuro de Paz, de Bem-Estar, e de Progresso. Isso foi para o fim da noite. Antes assistiu-se a mais um dia de muita música de grande qualidade, distribuída pelos dois palcos do recinto. Destacaremos apenas os concertos a que pudemos assistir: Diabo na Cruz, Deolinda, Júlio Pereira, Kumpania Algazarra e Pedro Abrunhosa. Fabuloso!

Print Friendly

About 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

AGENDA

Loading...