A Lição do Chocalho

chocalho1Acaba de ser consagrada a Arte Chocalheira como Património Imaterial da Humanidade.

Ainda bem. É motivo para nós, portugueses, nos regozijarmos.

Mais, a candidatura foi considerada exemplar.

Segundo foi referido na imprensa, a candidatura, beneficiando do que se aprendeu anteriormente com a candidatura do Cante Alentejano, foi desenvolvida de forma exemplar, conforme foi referido pelos próprios juízes, que demoraram poucos minutos a decidir a consagração.

Ora isto é um exemplo também para nós.

Há vários anos, em 2011, contactei o Dr. Jorge Morbey, responsável pelo sucesso das candidaturas da Cidade Velha em Cabo Verde e de Macau a Património Mundial, para nos ajudar a construir uma candidatura da Arte-Xávega a Património Imaterial da Humanidade. Ele aceitou com agrado.

Infelizmente, por inúmeras questiúnculas, bairrismos e outros problemas infelizmente normais nestas coisas, tudo ficou em nada. Perdeu-se a oportunidade.

O Centro de Arqueologia de Almada, capitalizando no longo e valioso trabalho de Francisco Silva sobre a Arte-Xávega da Costa da Caparica, apoiado pela Câmara Municipal de Almada, tem já submetida a candidatura da Arte-Xávega da Costa da Caparica a Património Cultural Nacional. Em bom tempo deram esse passo!

Faço daqui votos que todos, todos, mas todos mesmo, se unam em torno desta candidatura, dando o seu apoio total. O meu apoio e aplauso, têm-no por completo. bem hajam!

Esta é a lição do chocalho.

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest