Nóvoa na Costa

SampaioNóvoa 300Sampaio da Nóvoa, numa visita à Costa da Caparica, afirma a necessidade de preservar as artes da pesca.

O candidato presidencial destacou ainda a importância do ambiente. O candidato presidencial Sampaio da Nóvoa defendeu esta sexta-feira a necessidade de se preservarem as tradições das comunidades de pescadores, que dão emprego a muitas famílias, e de se estabelecerem equilíbrios que salvaguardem a natureza. “É uma preocupação muito forte porque corresponde a um setor tradicional, que dá emprego a muitas pessoas, a muitas famílias. É muito importante preservar muitas destas tradições e tentar encontrar os equilíbrios certos, também no que diz respeito à natureza”, disse António Sampaio da Nóvoa, durante um encontro com pescadores de arte xávega, na Costa da Caparica, em Almada. “A programação desta atividade para hoje teve muito que ver também com as questões das alterações climáticas, com a cimeira que se está a realizar em Paris, e com uma matriz, que é central na minha candidatura, desde o lançamento da carta de princípios há oito meses, que é a preocupação com as questões ambientais, ecológicas, com a sustentabilidade do planeta, com esta nossa casa comum”, acrescentou. Sampaio da Nóvia sublinhou, também, a importância da “encíclica do papa Francisco, que teve um papel de despertador do mundo interior para estas preocupações [ambientais]”. “Julgo que uma parte da crise dos últimos anos, da crise na Europa, da crise no mundo, nos desviou um pouco dessas atenções, centradas sobre outras matérias – no âmbito financeiro, no âmbito económico. É muito importante que nós não deixemos cair esta preocupação com as questões ambientais, porque o que está em causa é a sobrevivência do planeta, isto é, a sobrevivência de todos nós”, acrescentou.

Ler artigo original clicando aqui.

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest