Onde está a Pedra do Escrivão?

No local indicado pela seta, na esquina da Travessa Vitorino José da Silva e a Rua com o mesmo nome (logo atrás da Meta, na Rua dos Pescadores), existia uma pedra amarelada onde os escrivães de algumas das antigas companhas se sentavam para fazer contas com os pescadores e pagar pelo seu trabalho, de acordo com a tradicional repartição das “partes”. Esta foi uma prática muito antiga, que se interrompeu há relativamente pouco tempo.

Ora, como se pode ver pela fotografia, a pedra já lá não está, provavelmente no decurso de renovações recentes. Mais uma vez, uma pedra, que estava carregada de memória, sendo simplesmente uma pedra, não era SÓ uma pedra, era parte da nossa memória e uma forma de podermos contar as nossas histórias, não só aos nossos filhos, mas também a quem nos visita. Ter histórias para contar faz o turista ficar.

Será que a Pedra do Escrivão foi no entulho, como uma pedra qualquer?

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest