Segurança do Porto Brandão

Os deputados do Partido Socialista (PS) eleitos pelo distrito de Setúbal questionaram o Governo sobre a eventual perigosidade da ETC – Terminais Marítimos, estabelecida no Porto Brandão, União das Freguesias de Caparica e Trafaria, concelho de Almada.

Os deputados Ana Catarina Mendes, Eurídice Pereira, Maria Antónia Almeida Santos, Filipe Pacheco, André Pinotes Batista, Sofia Araújo, Fernando José, Clarisse Campos e Ivan Gonçalves procuram perceber se estão garantidas as condições de segurança para as populações dos territórios adjacentes.

Nas palavras de Ivan Gonçalves esta preocupação prende-se com as eventuais consequências que um acidente nesta unidade acarretaria, não só na dimensão da vida humana, mas também do ponto de vista ambiental e os riscos consideráveis para Rio Tejo e ainda na esfera patrimonial dada a proximidade entre as instalações e a Fortaleza da Torre Velha, também designada por Torre de São Sebastião da Caparica, erguida no final do século XV e classificada como monumento nacional em 2012.

Com instalações no Porto Brandão (Caparica e Trafaria, Almada) desde os finais da década de 1970, a ETC – Terminais Marítimos possui uma capacidade total de armazenagem de 55 mil metros cúbicos, sendo considerado pelo quadro legal abrangente uma unidade industrial de nível superior de perigosidade.

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest