SMAS Inaugura

SMAS inauguraOs Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Almada inauguraram ontem, dia 4 de abril, três infraestruturas de águas residuais do Município, designadamente a “Estação Elevatória de Águas Residuais do Raposo, a “Estação Elevatória de Águas Residuais e Emissário do Torrão” e as “Estações Elevatórias de Águas Residuais e Emissário da Foz do Rego”.

 

Incluídas no Programa Operacional Temático de Valorização do Território, as três infraestruturas representaram um investimento total de 2,82 milhões de euros, dos quais cerca de 880 mil euros do orçamento municipal e 1,94 milhões de euros correspondentes a comparticipação Comunitária.

 

As empreitadas contemplaram a reabilitação e requalificação de diversas infraestruturas de saneamento de águas residuais existentes no concelho, com o objetivo de melhorar o seu desempenho hidráulico, ambiental, de salubridade e de saúde, adequando os sistemas às novas necessidades decorrentes da evolução populacional e alterações ao ordenamento do território.

 

Os equipamentos que entram agora em funcionamento assumem particular relevância no que respeita à eficácia da resposta do sistema municipal de saneamento no seu conjunto, salientando-se a importância da atividade desenvolvida pelos SMAS tanto ao nível da prestação de um serviço de excelência no que respeita à qualidade da água distribuída, como ao nível da qualidade da água residual devolvida ao meio natural após recolha e o tratamento.

 

No âmbito do programa de inauguração das três infraestruturas, foram ainda visitadas outras obras em curso, de elevada importância e significado para o Sistema Municipal de Tratamento de Águas Residuais e Sistema Municipal de Abastecimento de Água para Consumo, e consequentemente para a qualificação da qualidade de vida da população do município de Almada: a Estação de Tratamento de Águas Residuais de Valdeão, num investimento de 1,1 milhões de euros; a Estação Elevatória de Água de Vale de Milhaços, num investimento de 398 mil euros; e a Estação de Tratamento de Águas Residuais da Quinta da Bomba, num investimento de 9,884 milhões de euros. Estas três infraestruturas entrarão em funcionamento até ao próximo mês de setembro.

 

O conjunto das seis infraestruturas dos SMAS de Almada representam um investimento público total de 14,25 milhões de euros, integralmente aplicados na melhoria da qualidade de vida dos Almadenses e da qualidade ambiental de todo o Estuário do Rio Tejo.

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest