Terras a Prémio

ng5833559Cozinha comunitária de Terras da Costa

O mês passado partilhámos aqui uma reportagem do jornal Público sobre as Terras da Costa e a instalação de uma cozinha comunitária neste bairro.

Pois bem, agora volta a ser notícia pelos melhores motivos. É um dos finalistas para o Building of the Year 2016 da Archdaily, na categoria de arquitetura pública.

O projecto é da autoria do ateliermob e Coletivo Warehouse. O ateliermob participava num workshop no bairro quando os habitantes trouxeram a ideia da cozinha comunitária. Com o financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian e a parceria com o Coletivo Warehouse, o projeto concretizou-se.

Tiago Saraiva, do ateliermob, explicou ao DN que tinham dois projetos a concurso, a cozinha comunitária e o centro de remo de Alvega, no concelho de Abrantes, mas a principal campanha do ateliermob foi para a cozinha comunitária. “Isso não era um projeto de arquitetura, nós podíamos ajudar como cidadãos”.

Nas Terras da Costa, bairro ilegal no concelho de Almada, vivem cerca de 500 pessoas, num território classificado de reserva agrícola nacional, na zona de protecção da arriba fóssil da Costa da Caparica. A instalação de uma cozinha comunitária foi o ponto de partida para que este bairro ilegal passasse a ter acesso a água canalizada e saneamento básico, após três décadas sem acesso a água potável.

De acordo com a Archdaily, o denominador comum destes projetos, é que “capturam a capacidade de operar uma mudança positiva no ambiente”.

Para ler a notícia no DN clicar aqui.

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest