TST Multada

Uma acção de fiscalização, realizada em 2017, levou a Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) a aplicar à Transportes Sul do Tejo (TST) uma coima de 21 mil euros por falta de cumprimento no serviço de transporte público, coima essa agora confirmada pelo Tribunal da Concorrência – embora ainda passível de recurso junto do Tribunal da Relação.

Na origem do processo estão as cerca de 2800 reclamações e um abaixo-assinado entregue nesse ano à AMT referindo principalmente as carreiras 107, 123, 124, 133, 135 e 191. “Tais infracções foram consideradas globalmente graves, dado o elevado impacto negativo que tiveram nos seus utentes”, diz agora a AMT em comunicado. De acordo com o regulador, foi provado que a transportadora “agiu de forma negligente, pois só tardiamente tomou as medidas necessárias para prevenir a prática ilícita.”

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest