Um Pôr do Sol Diferente

São tão diferentes os pores do Sol vistos da minha janela, virada para o mar. As imagens que nos apresenta o céu em certas tardes que, por vezes, temos dificuldade de classificar. Parecem tardes de tempestade. As nuvens, sempre as nuvens, nestes poentes de Outono, que me levaram, mais uma vez a fotografar, e me inspirou para este poema:

“ Agita-se o Mar / Ao cair da tarde… / O Sol desce, / E chega a Saudade! / Horizontes vermelhos, / Laranjas e negros, / O descanso do meu olhar / Leva-me a outras paragens / Para lá repousar. /  Silêncios profundos / A maresia chega. / Medito e sonho / Enquanto o Sol se esconde! / A vida continua, / Mas mais um dia morreu! / Entre ondas, o Sol beija a espuma. / Procura outra manhã, / Do outro lado do Mar.

António José Zuzarte, Costa da Caparica, 16 de Novembro de 2020.

One thought on “Um Pôr do Sol Diferente

  • 19 de Fevereiro, 2021 at 17:55
    Permalink

    Bela foto e com um poema a condizer. Gostei!

    Reinaldo

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest