INATEL Sem Acesso?

By  | 30 Janeiro, 2018 | 2 Comments | Filed under: Notícias

A INATEL, Fundação privada de interesse público, implantou um sistema de controle de acesso de viaturas à praia que todos conhecem como Praia da INATEL (ou os mais antigos como Praia da FNAT).

Não são claras as intenções e a estratégia que aquela entidade quer implementar.

Uma vez que esta medida envolve o acesso às praias, que continuam públicas e que este acesso constitui um hábito antigo, o Notícias da Gandaia contactou a Fundação. Tentou…

É bom recordar que, na verdade, o condicionamento do acesso às praias começou muito antes, quando o ainda INATEL — Instituto Nacional para o Aproveitamento dos Tempos Livres dos Trabalhadores,
I. P,  vedou o acesso pedestre pelas suas instalações, num caminho ao lado da igreja com a rede que ainda lá se encontra. Aqueles que queriam ir à praia, a pé, de bicicleta ou de carro, teriam de o fazer pela estrada lateral que agora se tratou de condicionar.

O dispositivo elevatório implantado no solo

Ora antes de mais, à questão quem é responsável pelas instalações da INATEL aqui na Caparica, é uma questão que, até à data não conseguimos resposta. O Parque de Campismo (que é o único contacto constante no site da INATEL) tem a sua responsabilidade clara, mas não sabe do resto, nem sabe o que se está a passar no condicionamento da estrada. Há ainda o hotel Sol 3, que também terá o seu responsável mas cujo contacto não figura no site e, de resto, não atende o telefone, nem sequer funciona o link da Trivago para a página oficial do hotel.

Perante este vazio, uma vez que já não há a “Colónia de Férias Um Lugar ao Sol” nem há responsáveis locais do espaço total, que ainda inclui uma piscina concessionada e um grande espaço de cafetaria e restauração, o antigo Salão.

Assim, sem outra saída, voltamos as nossas atenções para a sede da Fundação e tentamos contactar o Conselho de Administração onde ainda se vê, curiosamente, a Presidente da Nossa Câmara Municipal, Inês Medeiros no cargo de vice-presidente até ao passado dia 27 de outubro de 2017.

Pois a única forma escrita de contactar o Conselho de Administração da INATEL é um formulário online que, adivinharam, não funciona. Resta o telefone geral. A chamada foi parar aos Recursos Humanos. Ninguém sabe com quem é que se fala para assuntos do espaço anteriormente denominado Colónia de Férias. Ninguém sabe responder sobre as intenções da INATEL com os evidentes dispositivos de controlo de acesso.

Será que a INATEL está a seguir o exemplo da Urbanização Praia do Sol que uns metros ao lado cobra parqueamento mesmo no inverno?

About 

Jornal da Associação Gandaia

http://gandaia.pt

2 Responses to INATEL Sem Acesso?

  1. José 31 Janeiro, 2018 at 11:35 AM

    A Urbanizadora não é gerida com dinheiro público como penso que é a Inatel mas deixa as pessoas, a pé ou de bicicleta, utilizarem a sua estrada para aceder às praias. Seria bom saber o que a Inatel vai fazer aqui.

    • Notícias da Gandaia 31 Janeiro, 2018 at 1:00 PM

      tem toda a razão quanto à Urbanizadora. Relativamente à INATEL eles agora são uma Fundação, não sei bem (mas estou a caminho de saber) que dinheiros públicos recebem. Finalmente, no que respeita ao acesso pedestre (pela estrada) e de bicicleta penso que está garantido devido ao sistema que está implantado e que se pode ver nas fotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


CALENDÁRIO DO

AGENDA

Loading...

Subscreva aqui o Boletim do Notícias da Gandaia

Receba semanalmente no seu email um resumo das novas notícias publicadas no nosso jornal. Basta inserir o seu

Pin It on Pinterest