Notícia da Alegria

By  | 1 Julho, 2017 | 0 Comments | Filed under: OPINIÃO, Ricardo Salomão

Começou já o Cinema ao Luar. Começou e bem, com mais de 50 pessoas a assistir e a aplaudir quando o filme terminou.

Isto, apesar do vento forte (60 Km/hora) e o frio que, sem ser convidado, resolveu juntar-se à festa.

Apesar de tudo, lá esteve tudo. Espetadores, material montado – e de qualidade: boa imagem e bom som – e uma equipa operacional com ainda mais qualidade.

Um serão bem passado.

Além destes fatores objetivos e factuais, outros ainda, talvez de maior importância, se impõe realçar:

O primeiro, é que se trata de um apoderamento dos cidadãos do seu espaço público, dando uso à praça principal da terra, praça essa que em boa altura a Junta de Freguesia resolveu renovar, permitindo este e muitos outros usos por aqueles que aqui habitam, mas também por aqueles que nos visitam.

Tudo coisas boas, excelentes notícias e que nos devem fazer sentir que as coisas, afinal, podem correr bem. E correm.

O segundo, na sequência de um inquérito feito pela Gandaia e aplicado com a ajuda de um Grupo de Escuteiros Franceses (veja o artigo aqui), foi diagnosticada uma fraqueza na oferta turística da Costa da Caparica: havia pouca animação, “poucas coisas para fazer depois da praia”.  Ora esta iniciativa vem dar uma achega a esta lacuna. Há mais eventos, mas esta é mais uma iniciativa para animar as noites de verão e reforçar a oferta da Costa para quem cá vive e também para quem nos visita.

O terceiro, e não menos importante, é que muito saudavelmente vemos os órgãos autárquicos – a Câmara Municipal de Almada e a Junta de Freguesia da Costa da Caparica – darem as mãos para tornar possível esta iniciativa da Associação Gandaia. Obviamente, sem o apoio da Cãmara e da Junta, nada disto seria possível.

E quarto, pois então. É que também não seria possível sem o esforço desinteressado, voluntário, dos membros da Gandaia – e não só – que meteram mãos à obra, em vez de se ficarem a criticar por não haver quem faça. em vez disso, um sonoro: “FAZEMOS NÓS!”.

E faz-se.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


AGENDA

Loading...

Pin It on Pinterest