Arte-Xávega em Lagos

O Notícias da Gandaia entrevistou José Bala, Mestre de Arte-Xávega na Meia Praia, Lagos, e Arrais de uma companha que continua a alar/calar (puxar as redes) à mão.

O Notícias já tinha apresentado um artigo (clique aqui para ver) e feito uma reportagem sobre esta companha (clique aqui para ver). A verdade é que circula a ideia – errónea – de que não há Arte-Xávega a sul de Vieira de Leiria.

Trata-se de uma mistificação bairrista e que, no fundo prejudica gravemente as pretensões dos praticantes, estudiosos e amantes da Arte-Xávega.

Para quem defende, comprovadamente desde 2011, um projeto de candidatura da Arte-Xávega a Património Imaterial da Humanidade na UNESCO, essas posições não podem deixar de ser consideradas lesivas do interessa da Arte-Xávega em Geral.

Como se pode ver, não só a Costa da Caparica – que deve ter tantas companhas como todos os outros juntos – como a Aldeia do Meco, Sesimbra e Lagos, mantêm essa tradição.

A Arte-Xávega vive em quase toda a costa portuguesa, com variações de praia em praia. A ideia de encarar este património valiosíssimo, com raízes de milhares de anos, a nível nacional não morreu. Espera que os homens e as mulheres abram mão do bairrismo, dos seus egos, e olhem para o interesse nacional, o interesse dos pescadores e suas famílias, das terras que acolhem estes heróis que se afoitam ao mar.

A Gandaia continua a ter essa esperança e a manter as portas abertas para quem quiser meter ombros à tarefa.

 

2 thoughts on “Arte-Xávega em Lagos

  • 27 de Novembro, 2014 at 21:26
    Permalink

    Boa tarde. Gostei muito do artigo e foi através dele que soube que há a ideia de candidatura da Arte Xávega a património imaterial da humanidade. Gostaria de saber onde foi tirar a ideia de que “circula a ideia – errónea – de que não há Arte-Xávega a sul de Vieira de Leiria”. Qualquer pessoa que se interesse minimamente por Arte Xávega sabe que se processa a de norte a sul na costa portuguesa. Talvez não fosse má ideia que esta notícia fosse levada para outros campos, de forma que toda a gente soubesse desta intenção e todos os pescadores de Arte Xávega, de norte a sul do país pudessem participar dela, já que a união faz a força

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest