Inês Medeiros recandidata-se

Inês de Medeiros, presidente da Câmara Municipal de Almada, considera que a escolha que os eleitores almadenses vão fazer nas próximas autárquicas, agendadas para 26 de setembro, será entre quem “age” e quem “apregoa”.

Sem nunca mencionar o nome dos opositores, a autarca do Partido Socialista (PS), que apresentou ontem a sua recandidatura ao cargo ao lado do secretário-geral dos socialistas, António Costa, deixou implícitas várias críticas ao principal partido da oposição (CDU), que tem como candidata em Almada a atual edil de Setúbal, Maria das Dores Meira.

Na hora de perspetivar o futuro, Inês de Medeiros anunciou que vários projetos vão em breve ser uma realidade no concelho de Almada. “A reabilitação do Forte da Trafaria, que alojará o Instituto de Arte e Tecnologia e tornará esta freguesia, antigamente votada ao esquecimento, num polo de conhecimento, inovação e cultura”, anunciou.

A autarca destacou ainda o projeto ‘Innovation District’, que pretende criar uma nova centralidade na Área Metropolitana de Lisboa abrangendo a área entre Monte da Caparia e Porto Brandão. Inês de Medeiros anunciou também que o Plano Diretor Municipal (PDM) foi finalmente aprovado e vai permitir a concretização de vários projetos no concelho.

Além dos projetos que pretende concretizar em breve, a presidente da Câmara Municipal de Almada aproveitou a presença do Primeiro-Ministro e secretário-geral do PS, António Costa, para revelar que foi reservada uma área para uma futura ponte sobre o Rio Tejo. “A criação de um porto de pesca na Trafaria e um porto de recreio em Porto Brandão e Cova do Vapor. A criação de um corredor verde ao longo do IC20 e a extensão do Metro à Costa de Caparica. Senhor Primeiro-Ministro, também reservámos um local para a nova travessia do Tejo”, afirmou.

O atual executivo da Câmara Municipal de Almada é governado pelos socialistas com quatro eleitos, a CDU também tem quatro, o PSD dois e o BE um. Além de Inês de Medeiros, pelo PS, concorrem à Câmara de Almada, Bruno Coimbra (Iniciativa Liberal), Manuel Matias (Chega), Joana Mortágua (Bloco de Esquerda), Maria das Dores Meira (CDU) e Nuno Matias (PSD/CDS-PP/Aliança/PPM/MPT).

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest