Transtejo Eléctrica

Quatro empresas apresentaram propostas de fornecimento à Transtejo de 10 novos navios eléctricos, cujo investimento ascende a 57 milhões de euros

O concurso lançado pela Transtejo, em Janeiro, para a compra de 10 novos navios 100 por cento eléctricos recebeu propostas de quatro concorrentes, que foram revelados esta semana. Majestic Glow Marine PTE, Astilleros Gondan, os Estaleiros Navais de Peniche e a Holland Shipyards B.V., são os candidatos anunciados pela empresa em comunicado, no qual adianta que agora vai seguir-se a fase de análise das propostas.

Os novos navios, que irão operar nas ligações fluviais de Cacilhas, Seixal e Montijo, “vão permitir melhorias significativas nos padrões de conforto e segurança oferecidos aos passageiros”, informa a empresa de transporte fluvial, acrescentando que a entrega dos navios está prevista para entre 2022 e 2024.

O concurso foi lançado no início deste ano depois de ter sido cancelado o primeiro procedimento, que não previa que os navios fossem eléctricos, em Dezembro do ano passado, com o argumento de “não demonstração pelos concorrentes do cumprimento dos requisitos de capacidade técnica exigidos”, adiantou então o secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro. O concurso anterior apontava para um investimento semelhante a este, de 90 milhões, dos quais 57 milhões são para os navios e 33 milhões para a manutenção durante um período de cinco anos, mas previa a chegada de três embarcações já em 2021.

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest