A Barata Tonta

Apareceu, já moribunda, na cave da nossa Associação. Era um bicho que assustou os elementos femininos que estavam presentes. Peguei nela com cuidado e expliquei que, mesmo que estivesse viva, não nos faria mal.

A sua presença é comum em muitos locais. É uma Periplaneta americana, espécie introduzida em quase todos os países do mundo, transportada nos porões dos navios que cruzam os Oceanos.

A primeira vez que vi e tive contacto com esta espécie de barata foi em 1964. Estava internado, com uma perna fracturada, no Hospital de S. José, em Lisboa. Apareceu uma voando no meu quarto, que obrigou a enfermeira, em pânico, a atirar-se para cima da minha cama…Porque será que, principalmente as mulheres, entram em pânico quando vêem uma barata??? O que será que as assusta? Só elas sabem.

Sempre ouvi a expressão “ É barata, pega no chinelo e mata”. Não é a pobre barata, merecedora desta forma de lidar com ela. É mais um ser vivo que faz parte da Natureza onde todos vivemos. Vamos tentar reabilitá-la.

António José Zuzarte, Costa da Caparica, 27 de Maio de 2021.

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest