IV Caparica Jazz

No próximo dia 7 de novembro, pelas 20:30 horas, no Auditório Costa da Caparica, terá lugar a quarta edição do Caparica Jazz.

Neste ano a seleção musical do nosso programador Nuno Ramos traz-nos, mais uma vez, um cartaz de luxo. Assim, a Associação Gandaia orgulha-se de apresentar o quarteto de João Mortágua, distinguido com o Prémio Play para o melhor disco de jazz, e o Luís Cunha Quinteto que também publicou recentemente o seu trabalho “Faro-Oeste”.

O Auditório Costa da Caparica situa-se mesmo no centro da cidade, na Praça da Liberdade 17-A, no 1º andar do Centro Comercial O Pescador. As normas da DGS são escrupulosamente observados, sendo o local desinfetado com os produtos apropriados antes de qualquer evento. É obrigatório o uso de máscara e a desinfeção das mãos, à entrada, com o gel fornecido pela Associação Gandaia.

Quarteto de João Mortágua

João Mortágua, saxofones alto e soprano 
Carlos Azevedo, piano
Miguel Ângelo, contrabaixo
Mário Costa, bateria

No seu mais recente projeto de originais, Mortágua explora a sonoridade do quarteto com piano, juntando-se a uma emblemática secção rítmica em prol de um produto fresco e apurado. Sem filtros, chora-se a mágoa da beira-mar e ri-se face à alegria da montanha. De tudo e nada é feito este espaço de partilha.

Criado em 2019, este quarteto gravou nesse mesmo ano aquele que viria a ser o seu álbum de estreia – “Land”, editado em março de 2020 pelo Carimbo Porta-Jazz, vendo a sua tour de lançamento adiada devido à situação pandémica. 

Ainda assim, tendo em conta o desejo coletivo de continuidade do projeto, preparam-se já para voltar a estúdio, com vista a gravar o seu segundo registo discográfico.

João Mortágua, é um saxofonista e compositor destacado como um dos valores seguros do jazz nacional. Tem tido nos últimos anos uma intensa atividade artística, em Portugal e na Europa, tocando a música de Nuno Ferreira, Miguel Moreira, Filipe Teixeira, Bruno Pernadas, Alexandre Coelho, Nelson Cascais, André Santos, Carlos Bica e André Fernandes, entre outros, para além de ser líder dos seus próprios projetos; é autor de outros três álbuns de sua autoria: ““Mirrors”, “Axes” (2017) e “Dentro da Janela” (vencedor do Melhor Álbum Jazz  na última edição dos Prémios Play). Foi eleito Músico do Ano pelos prémios Jazz da RTP em 2017.

CRÍTICAS: Jazz.pt | rimasebatidas.pt

Luís Cunha Quinteto

Luís Cunha – Trompete e composição
Nuno Costa – Guitarra
Oscar Graça – Piano
André Rosinha – Contrabaixo
Pedro Felgar – Bateria

Este quinteto estreou-se em finais de 2017 no Hot Clube de Portugal e tem tocado em clubes e em festivais de Jazz tais como: “Ciclo de Jazz de Setúbal”, “Alcobaça In Jazz”, Há Jazz em Leiria” entre outros.

Apresenta um repertório original composto para esta formação em específico, o qual foi recentemente gravado em disco (“Faro-Oeste”) e será editado muito em breve.

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest