Marcha da Costa Injustiçada

2.º-Marchas-Populares_-Costa-da-Caparica_-01Como habitante da Costa da Caparica, aprecio esta época onde decorreram as festas típicas do S. João com as tradicionais sardinhas, febras, enfeites nas ruas e as marchas populares de que tanto se orgulham os caparicanos.

Os festejos culminaram  no desfile em Cacilhas de várias marchas do concelho, sendo que no dia 5 de junho foram desfilar ao pavilhão para apreciação e classificação de todas elas, no que constitui o momento mais importante de todo o processo das marchas populares de Almada.

Logo que os prémios foram atribuidos e a classificação conhecida, comecei a partir dessa data a ler no Facebook e a ouvir comentários pelos cafés e ruas da cidade sobre as classificações e constatei que havia uma certa revolta em todos, referente às ditas classificações que foram:

CLASSIFICAÇÃO GERAL

1º- Marcha Al-Madan – Freguesia de Almada – “Amar Almada, pelas mãos do seu passado…
2º- Marcha Popular da Costa da Caparica – “Costa coração de marinheiro”
3º- Marcha do Centro Comunitário PIA II – “Alma d’Água”
4º- Marcha da Capa Rica – “Caparica, uma arte traçada no chão”
5º- Marcha do Beira Mar de Almada – “Beira Mar de cravo na mão”
6º- Marcha Juvenil do Monte de Caparica – “Lendas do S. João de Almada”
7º- Marcha do Pragal – “Taberna Portuguesa”
8º- Marcha da Rua 15 – “Rua 15 volta a marchar”
9º- Marcha do Figueirinhas – “Cacilhas uma história de amor”

PRÉMIOS ESPECÍFICOS

Avenida – Marcha Popular da Costa da Caparica
Coreografia – Marcha da Capa Rica
Arcos – Marcha Popular da Costa da Caparica
Trajes – Marcha Al-Madan
Letra – Marcha do Centro Comunitário PIA II e Marcha do Pragal

Música – Marcha do Centro Comunitário PIA II

Ora bem, tentei perceber o que se tinha realmente passado e segundo diversas fontes, o que me foi dito foi que houve uma enorme injustiça nas classificações das Marchas, porque é voz corrente que a que realmente devia ter ganho era a Marcha Popular da Costa da Caparica e por vários motivos, aparentemente válidos, desde já porque arrecadaram o prémio Avenida e o prémio de Arcos, sendo que a marcha vencedora só teve o prémio Traje. Depois, porque as outras marchas do concelho vendo o desempenho da Marcha da Costa da Caparica a davam como vencedora garantida.

Segundo as mesmas fontes, o motivo desta enorme injustiça terá sido o fato, de que este ano estava agendado que quem ficasse em primeiro lugar neste certame para o ano iria desfilar em Lisboa e com outras saídas, nomeadamente em Bucelas, e que “convinha” que fosse a Marcha de Almada.

Conforme confidenciaram ao Notícias da Gandaia, após a saída das classificações, a própria comissão das festas, descontente com os resultados, convidou a Marcha Popular da Costa, em vez da de Almada, para as saídas acima referidas.

O descontentamento sobre este assunto é tão grande que a Marcha da Capa-Rica achando que era a sua que devia ter vencido, vai contratar advogados, tal como  a Marcha Popular da Costa da Caparica, que sente igualmente que era a justa vencedora e a que melhor estava preparada e assim o demonstrou.

Segundo fontes próximas das marchas, por estas razões, ambos os organizadores das ditas marchas  irão organizar uma contestação que vão levar até ao tribunal no sentido de ser feita justiça e alterar  as classificações deste ano.

Avançaram também, e assim se pode ler em diversos comentários, incluindo no Facebook que o fazem não por despeito e sim porque estão sinceramente convencidos que houve uma enorme injustiça e que foi dada primazia a Almada não por ser a melhor, mas porque era a que “convinha” mais que vencesse.

accleme

Designer Gráfico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest