Neve no Alentejo

Já lá vão pouco mais de 40 anos que a neve cobriu os campos do meu Alentejo. A foto foi na minha aldeia de Santo Amaro, no concelho de Sousel, no Monte do Cimo da Aldeia, raízes da minha querida Mãe. Foi nos finais dos anos 70 que isso aconteceu e, nesta pequena memória do meu passado, estou junto de minha Mãe, minhas duas Tias e a minha Prima Bia. A neve já derreteu e as quatro já partiram mas continuam presentes no lugar mais aconchegado do meu coração. A Saudade bateu-me agora à porta e eu deixo-a entrar.

Com as mudanças climáticas que se estão a fazer sentir, não sei o que vai ser deste planeta em que vivemos. Não sei se o Homem ainda vai a tempo de corrigir os seus comportamentos e travar novas catástrofes ambientais como as que estão ocorrendo nos dias de hoje.

Todos os esporádicos nevões, a que assisti no meu querido Alentejo, nada têm a ver com o que escrevi atrás. Eles aconteciam nalgum Inverno mais rigoroso e era agradável para aqueles que se viviam nesses anos já passados. Só na Serra de S. Mamede, o local de maior altitude de todo o Alentejo, com os seus 1.025 metros, eram mais frequentes.

A neve, com a sua brancura imaculada, era a alegria das crianças…e que bonito era ver as crianças a brincar, felizes e divertidas, e depois irem aquecer-se e enxugar os pés na lareira, onde a lenha seca ardia e dava um pouco de conforto nas suas casas da aldeia.

António José Zuzarte, Costa da Caparica, 1 de Agosto de 2021.

One thought on “Neve no Alentejo

  • 2 de Setembro, 2021 at 20:36
    Permalink

    Batem leve, levemente, será chuva, será gente… Fui ver, a neve caía, branca e leve, branca e fria…

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest