O Gato Pipoco

Eu reconheço que gosto de falar de gatos e também de gatas. Esta pequena crónica era destinada a uma gatinha que, passados alguns dias, virou gato. Já tinha nome e era a Pipoca, quando fizeram perto de cem quilómetros para a irem buscar, a quem a ofereceu através da Internet. Era uma companheira para o Teo, que já lá está em casa há perto de três anos e sobre ele já escrevi uma crónica neste nosso Jornal da Gandaia.

Ele, o Pipoco, é um bicharoco lindo, com um ar mais selvagem que o companheiro, e que diverte e torna felizes os manos Leonor e Afonso, que o tratam com todo o carinho. Para a próxima convém observarem melhor, para não trazerem para casa gato por gata, ou como é vulgar dizer “gato por lebre”.

António José Zuzarte, Costa da Caparica, 11 de Maio de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest