Poema da República

Tal como foi anunciado (clique AQUI para ver a notícia) a Associação Gandaia comemorou o aniversário da implantação da República no passado dia 5 de outubro, com criação de um poema coletivo, além da atuação do Coro Gandaia, na Praça da Liberdade, no centro da cidade da Costa da Caparica.

O poema, como dissemos, criado coletivamente segundo a técnica muito explorada pelos poetas surrealistas do cadáver esquisito, cativou a participação de diversos transeuntes, que produziu a seguinte obra:

A República

Ficámos um país todo

A caminho da Liberdade e Igualdade

Ganhou a linda República, Viva a Liberdade!

Até à Vitória Final

É bom sair de casa

Virado ao contrário mas com esperança

encaracolado da cabeça aos pés

como sempre devíamos ser e esquecemos

mais justo (às vezes)

Unidos pela luz da Esperança

À beira mar as nossas almas elevam-se, as nossas almas elevam-se

E voltas, e voltas, de pernas pró ar, então…

Democrático mas muito desorganizado

Moralizado e de peito inchado!

O Povo tinha nas suas mãos o seu destino!

E todos juntos somos mais fortes

com a liberdade guiando o povo

numa pintura que demorou anos a pintar

E na vida de todos nós temos sempre

quadros para finalizar, mas o dia chegará

em que o sol brilhará intenso e reluzente

para ti e para o resto da gente

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest