Viajar pelo Passado

VIAJANDO PELO PASSADO

Mais uma foto muito antiga encontrada no meu Mundo de recordações do passado.

Um dos bons cavalos que meu Pai teve, mais um com ferro Ervideira, que passou pela cavalariça da nossa casa alentejana de Veiros. Este ruço bonito tinha o nome de “Galante” e tinha seis anos.

A foto é de Julho de 1946 e eu tinha só sete anos e ainda não chegava aos estribos.

No pátio  empedrado, para onde confluíam os portões da garagem (que se vê na foto), do celeiro, da entrada para o 1º andar da nossa casa, toda ela nesse piso, da cavalariça e ainda um espaço que servia de palheiro e ao lado o escritório de meu Pai onde ela guardava seringas, agulhas e tudo o que necessitava para o seu trabalho de médico veterinário. Nos recantos alguns vasos com flores, uma das paixões de minha Mãe, e um limoeiro que, num espaço protegido do vento, nos fornecia de belos limões.

Ali, naquele rectângulo, mesmo calcetado, fazia com os meus amigos, do tempo da escola primária, grandes jogos de futebol. O Henrique Painha, o Manuel Cantigas, o Canoa, o Alexandre e tantos outros, eram meus companheiros de brincadeiras.

Era uma vida despreocupada, sem televisões, luz eléctrica, numa época em que tínhamos de inventar coisas para passar os nossos tempos livres. Sabia-se viver e sonhar.

António José Zuzarte, Costa da Caparica, 5 de Março de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Pin It on Pinterest