No Cantinho do Coração

No cantinho do meu coração há um lugar especial onde guardo os sonhos que me ajudam a caminhar.

Por vezes sinto-me invadido de Saudade, de momentos tão felizes, que jamais voltarão a acontecer, mas que não posso atirar para o cesto dos papéis. São pedaços importantes, dos mais importantes, da minha Vida.

Há nesse cantinho do meu peito tantos sonhos guardados que gostaria tanto que se concretizassem. Agora resta-me olhar o mar, o céu, os campos do meu Alentejo. Ter a memória bem activa, recordar o passado, para não esquecer momentos únicos que ainda gostaria de deixar aos vindouros.

Costuma dizer-se que um Homem ao passar pela Terra,”tem que fazer um filho, escrever um livro e plantar uma árvore”. Já cumpri essas premissas. Filha foi só uma, árvores foram várias e livros também já escrevi 5 ou 6. Com a minha idade já não posso fazer mais filhos, mas tenho uma neta, uma bisneta e um bisneto. Plantar árvores já não tenho forças suficientes para cavar a terra e fazer a cova para elas e regá-las para vê-las crescer. Só escrever e publicar mais alguns livros, e as minhas crónicas, são ainda os sonhos que espero se realizem e que guardo no cantinho do meu coração.

António José Zuzarte, Cabanas de Tavira, 19 de Agosto de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest