Poema Coletivo

PoemaColetivoA Gandaia participou nas comemorações do 25 de Abril promovidas pela Câmara Municipal de Almada e pela Junta de Freguesia da Costa da Caparica.

Uma das formas de participação foi a construção de um poema coletivo utilizando uma técnica muito explorada pelos poetas modernistas, especialmente os surrealistas, denominada “Cadáver Esquisito”.

Segundo esta técnica, apenas o último verso é revelado para que se continue com um verso novo.

Muitos passaram pela banca da Gandaia e chocaram com o projeto. “Eh pá, isto é mais difícil do que pensava… tem de ser agora?” Tinha.

“Esta coisa das palavras dá trabalho, cum raio”… desabafou…

Este foi o resultado:

O mar muda-nos todos os dias

Com as gaivotas pairando nas nuvens

E os barcos no mar a pescar

Por cima das ondas a passar

O barco está a navegar

Com o sobredense a zumbar

O Charnequense a curtir

A Trafaria a moirar

O Monte a zumbir

Todos entre o sol e o mar

Com as dunas preparando o seu movimento sereno

Oscilando e encantando a todos que te miram

Pela música e coração aberto à cultura

Cum fide per fortitude eiuos

Porque os romanos também provaram o nosso mar…

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest