Toxinas interditam apanha de mexilhão na Lagoa de Albufeira

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA apanha de bivalves está interdita temporariamente na Lagoa de Albufeira e em Peniche, devido à presença de toxinas que podem provocar diarreia, conforme indicou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

“Devido à presença de fitoplâncton, produtor de toxinas marinhas ou de níveis de toxinas acima dos valores regulamentares, estão interditas temporariamente a apanha e captura, com vista à comercialização e consumo, as espécies de bivalves provenientes” destas duas zonas de produção, refere o IPMA em comunicado publicado no site.

Segundo o IPMA, que substituiu o Instituto de Meteorologia, a espécie de bivalves produzido em Peniche e na Lagoa de Albufeira é o mexilhão.

As toxinas detetadas nesta espécie “provocam intoxicação diarreica”.

Notícias da Gandaia

Jornal da Associação Gandaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Pin It on Pinterest